Piratas

Velhos lobos do mar, estão a postos para atracar em seu navio ou em seus portos, fogem da justiça ficando a maior parte do tempo em auto-mar, vendem de tudo até mesmo escravos. Conhecidos por seu destempero e por sua refinada arte de praguejar.

EstatísticasPirata
CategoriaHumanoide (humano) Médio
Classe de Armadura7 [12] ou 5 [14]
Dado de Vida1 (4 PVs)
TAC018 [+1]
Ataques1x Arma (1d6 ou pela arma)
Movimento120’ (40’)
SalvaguardaM12 V13 P14 S15 F16 (G1)
Moral7
AlinhamentoCaótico
XP10
Número de Aparição0 (abaixo)
Tipo de TesouroA
  • Tripulação e Navios: Sempre em grupos, grandes grupos. Rios ou lagos: 1d8 embarcações fluviais(1d2 × 10 piratass em cada); Águas costeiras: 1d6 Galés pequenas (1d3+1 × 10 piratas cada); Qualquer: 1d4 Dracares (1d3+2× 10 piratas cada); Oceanos: 1d3 Naus de Guerra, pequenas (1d5+3 × 10 piratas em cada).
  • Equipamentos: 50% do grupo: armadura de couro, espada; 35%: armadura de couro , espada, besta; 15%: cota de malha, espada, besta.
  • Líderes e Capitães: Cada 30 piratas, existe um guerreiro de 4ºNível. Para cada 50 piratas navio tem um capitão (Guerreiro 5º Nível). Para cada 100 piratas e por tropa um Capitão Mor (Guerreiro 8º nível)
  • Lorde Pirata: Tropas acima de 300 piratas são lideradas por um Lorde Pirata (Guerreiro 11º Nível), existe 5:6 de uma mago (nível 1d2+8) na frota.
  • Tesouro: Para não gerar mais violência são divididos por igual entre as embarcações e as vezes enterrados no local para não precisarem serem carregado. Um mapa de um pirata sempre tem valor.
  • Refúgio: Fortificações, cidades costeiras sem lei são o lar de piratas.
  • Traiçoeiro: Atacam outros piratas, só o lucro interessa.
  • Prisioneiros: 2:6 chances de 1d3 prisioneiros para serem resgatados.